ELC abre cursos para jovens e adultos

2007

Em março de 2007, a ELC inaugurou o início das atividades no tão conhecido prédio de 3 andares, vermelho e com rodas de bicicleta em sua fachada em Miguel Couto. Junto com o prédio, a estrutura da Escola também passou por mudanças. Além do curso livre de sábado que continuou na grade, jovens e adultos tiveram a oportunidade de ingressar na Turma de Capacitação Audiovisual com habilitação em Roteiro, Fotografia e Montagem, por meio de um processo seletivo que consistiu numa redação e posterior entrevista com a direção da ELC. No dia da prova, mais de 200 candidatos para 60 vagas lotaram o “tapete com almofadas coloridas” do hall da Escola. O curso acontecia de terça a sexta à noite e trazia nomes de peso do cinema no seu corpo docente, como Dib Lutfi, Walter Goulart, Rodrigo Fonseca, Cezar Migliorin e Antônio Molina.

As aulas com as crianças também ganharam reforço com o surgimento do projeto do filme “As Aventuras de Iguaçu e Sua Turma”, personagem criado a partir das aulas com as crianças do horário integral das Escolas Municipais Janir Clementino e Anna Maria Ramalho, adentrando de vez o mundo da animação.
2007

Em meados do ano de 2007, aconteceu a primeira oficina formada por alunos oriundos do Curso de Capacitação em Audiovisual , que tinha como objetivo selecionar esses jovens para atuarem como mediadores das oficinas do horário integral do Programa Bairro-Escola, em 4 núcleos da ELC recém criados localizados em outros bairros da cidade: Austin, Jardim Tropical, Cabuçu e Cerâmica. A oficina foi ministrada pelo fotógrafo e animador Clayton Leite, responsável pelas aulas do horário integral. Dessa maneira, alunos passaram a trabalhar como mediadores e produtores de ações internas e externas ligadas à Escola, começando um crescente que chegaria a 80% da equipe formada por ex-alunos no ano de 2011.
clayton-dia-27-06-021

Ainda em 2007, as crianças do horário integral conseguiram criar seu personagem super-herói iguaçuano, dando origem ao primeiro episódio das “As Aventuras de Iguaçu e Sua Turma” – o “Comida de Televisão” – sendo esse o primeiro desafio deles, montar um filme de 8 minutos em formato de animação com intervenções em documentário. Todos trabalharam com a perspectiva de potência e não de carência do seu território.
2007