É a vez das oficinas: dublagem, videoclipe, blognovela e audiovisual.

2011

Em 2011, a ELC reinaugurou suas atividades em fevereiro, com exibição dos “Guias Afetivos”, produzidos pelos alunos no ano anterior e com a abertura da “Instalação Audiovisual Autorretratos”, no qual os curtas produzidos pelas crianças ficaram durante 1 mês sendo exibidos em looping nos 6 computadores no hall da ELC.

2011

Durante esse ano, a oficina para crianças manteve os mesmos moldes das oficinas do horário integral, mas abrindo a Escola Livre de Cinema para estudantes que estivessem cursando entre o 4º e o 9º ano do Ensino Fundamental de toda e qualquer escola. A novidade dentro dessa oficina foi a parceria firmada com o Departamento de Cinema e Vídeo da Universidade Federal Fluminense. Os monitores foram divididos em duplas de ex-alunos da ELC e alunos da graduação de cinema da UFF que trabalharam a metodologia focada num gênero imprevisto: a ficção científica. A partir de dois dispositivos iniciais (o “parangolé”, em referência a Helio Oiticica e a idéia de máquina do tempo) diversas experiências deram origem a inúmeros curtas, e a intenção de investir ainda mais numa questão prioritária deu certo – abordar o território de um modo que estimulasse a imaginação das crianças.

DSC00414

Para os jovens e adultos, a ELC também inovou e as oficinas desse ano foram mais focadas e com objetivos mais bem definidos. Durante o ano a ELC realizou a Oficina de Dublagem, totalmente prática, com Fernanda Crispim – dubladora da Fiona de Shrek e um dos principais nomes da dublagem nacional; Oficina Videoclipe para You Tube, que produziu videoclipes a partir de músicas do Coletivo Fora do Eixo; Oficina Blognovela, que concebeu uma “fotonovela” postada num Blog com 30 capítulos a partir de aulas de roteiro e fotografia; e Oficina de Audiovisual para Educadores/ Introdução à Narrativa – Diários em Quadrinhos, atividade iniciada em 2009 que teve continuidade esse ano, focando na linguagem do documentário e posteriormente em técnicas de quadrinhos.

DSC02312
Encerrando o ano, durante os dias 09, 10 e 11 de dezembro, a ELC realizou o “Seminário – Redes de Formação para o Audiovisual”, encontro que contou com a presença de projetos nacionais que atuam na formação do Audiovisual. O objetivo do seminário foi principalmente a formação de uma rede de compartilhamento de saberes, práticas e criação do dia do Audiovisual na educação.

DSC08523
A ELC se renovou durante esse ano e a entrada da Petrobras e da secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro como patrocinadoras foi o que impulsionou essa renovação, ampliando o repertório de ação e de atendimento, pois o público alvo passou a ser todo e qualquer um que acredita que a tecnologia é uma ferramenta, e que dentre elas a câmera pode ser como um lápis, para escrever, narrar e contar histórias.